Segurança e Terceirização de Serviços

Pesquisar  

Segurança Patrimonial

>> SEGURANÇA PATRIMONIAL
O que é?
A segurança patrimonial é o conjunto de atividades do ramo da segurança que tem como objetivo prevenir e reduzir perdas patrimoniais em uma determinada organização.

Quais são as tarefas de um processo de segurança patrimonial mais comuns?
Controle de acessos (pedestres, mercadorias e veículos); controle de materiais e estoque; prevenção de furtos e roubos; vigilância ostensiva.

Quais são os usuários habituais do serviço de segurança patrimonial?
Fazem parte desses clientes residências, condomínios, indústrias, edifícios comerciais ou residenciais, shopping centers, hotéis, parques temáticos, empresas de diversos segmentos entre outros empreendimentos.

Os serviços de segurança patrimonial podem ser realizados em vias públicas?
Essa modalidade de serviço e exclusiva da Segurança Pública. O segurança patrimonial pode andar armado e cuida da propriedade do contratante, mas só pode atuar intramuros.

Quando a preocupação com a segurança patrimonial começou a ganhar força no Brasil?
A partir da década de 60, com o aumento de assaltos a instituições financeiras. No dia 20 de junho de 1983, a segurança privada ganhou regulamentação específica, com a criação da Lei 7.102, que teve a função de estabelecer normas para o funcionamento das empresas de segurança em todo o país.

Quais os equipamentos que a empresa de segurança privada oferece aos vigilantes no serviço de segurança patrimonial?
Uma vez constituída, a empresa de segurança privada está autorizada a fornecer aos vigilantes, revólveres calibres 32 e 38, cassetetes de madeira e borracha, espingardas calibres 12, 16 ou 20, sendo de fabricação nacional e pistolas semi-automáticas. O vigilante pode utilizar uniforme especial com emblema da empresa, apito com cordão e plaqueta de identificação do profissional.
Consulte Dúvidas Jurídicas para saber quais as exigências para que uma empresa atue no setor de segurança privada

O que é necessário para atuar no segmento de vigilância patrimonial?
Para atuar no segmento de vigilância patrimonial é necessário ser brasileiro, maior de 21 anos, ter segundo grau completo de escolaridade, estar quites com as obrigações militares e eleitorais, não ter antecedentes criminais, passar por curso de vigilante e de formação autorizado pela Polícia Federal e ser aprovado em exame de saúde física, mental e psicotécnico.

O segurança patrimonial pode executar outras funções?
De acordo com a lei que regulamenta a profissão, o vigilante patrimonial não pode executar outras tarefas que não as próprias de segurança, sob pena da tomadora de serviços ser condenada a pagar plus salarial ao mesmo, além de ter prejudicadas as tarefas de segurança para as quais o trabalhador foi designado.

JUNTE–SE A NÓS E COM CERTEZA FAREMOS UMA PARCERIA DE MUITO SUCESSO!










TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS
11 5566-3859
15 3213-7423
Todos os direitos reservados 2011 Rede Criativa